Compostagem

Quando pensamos em sustentabilidade nas cidades, apesar de os conceitos de reutilização e reciclagem serem os primeiros pensamentos, não podemos nos esquecer dos resíduos orgânicos descartados diariamente, passivos também de reciclagem, por meio de um processo conhecido como compostagem.

A compostagem é o processo biológico de reciclagem da matéria orgânica de restos de origem animal e vegetal, formando um composto.

Focamos prioritariamente para o meio urbano, na compostagem dos restos dos processos eliminados ao cozinhar e a das sobras da alimentação.

Salvo algumas pequenas restrições de alimentos e quantidades, a depender do processo de compostagem, o produto final será um composto orgânico que pode ser aplicado no solo para melhorar suas características nutritivas, gerando benefícios ao meio ambiente.

Os compostos são largamente utilizados em jardins e hortas como adubo orgânico, devolvendo à terra nutrientes necessários à sua composição, aumentando sua capacidade de retenção de água, permitindo o controle de erosão e evitando o uso de fertilizantes sintéticos.

Quanto maior a variedade de matérias existentes em uma compostagem, maior será a variedade de microrganismos atuantes no solo.

Alguns benefícios da compostagem

  • Neste processo ocorre apenas a formação de CO2, H2O e biomassa (húmus), não ocorrendo a formação de CH4 (gás metano), 23 vezes mais agressivo que o gás carbônico, considerando o impacto ao aquecimento global.
  • Redução do lixo destinado a aterros, contribuindo para a redução do armazenamento de lixo
  • Utilização de resíduos orgânicos para agregar valor ao solo do terreno
  • Economia, já que não será mais necessário comprar adubos ou fertilizantes industrializados
  • Possibilidade de geração de renda com a venda do adubo gerado pelos resíduos orgânicos da compostagem
  • A reciclagem de nutrientes para o solo é um processo ambientalmente seguro

A ECRA avalia sua geração de resíduos e espaço disponível estabelecendo um plano de gestão para lhe entregar a melhor solução considerando a geração de adubo destinado a venda, paisagismo ou agricultura urbana.

Trabalhamos com dois tipos de solução para compostagem urbana, que são avaliados em cada projeto, dependendo do volume de geração dos resíduos.

Compostagem por Minhocas

Por utilizar minhocas para acelerar o processo de compostagem, esta solução é indicada para fins residenciais, que não tenham a necessidade de produzir rapidamente o composto orgânico, já que o processo de compostagem completa pode demorar de 30 a 40 dias.

Também conhecido como vermicompostagem, esse processo é realizado utilizando caixas, mantendo o ambiente limpo e tornando prática a adição constante de resíduos.

As composteiras têm vários tamanhos e, dependendo da quantidade de pessoas na residência, é possível trabalhar de forma modular, atendendo de 2 a 100 pessoas, aproximadamente.

Compostagem Enzimática

Trata-se de um sistema de compostagem rápida, que realiza o processo de esterilização e compostagem em até 45 minutos.

Essa modalidade utiliza um bioprocessador, além de enzimas vegetais e minerais, e o composto orgânico gerado ao final do processo pode ser utilizado diretamente no plantio, evitando totalmente a formação de chorume e odores.

Indicada para grandes volumes de resíduos, como em condomínios e estabelecimentos comerciais, sua capacidade pode variar de 40 a 500kg por ciclo de 45 minutos.

Nossa composteira por minhocas está disponível para compra online com desconto exclusivo na 

Acesse aqui!

Clique aqui para obter mais informações!

Preencha nosso Formulário de Aptidão e saiba o quão próximo você está de ter uma vida mais sustentável. Clique aqui.